Trecho do meu roteiro de filme sobre as Erínias e o fim do Panteão grego

terça-feira, 23 de março de 2010

| | |


1 EXT. GÔNDOLA NO RIO COCYTOS - NOITE 1

Abrimos a imagem com uma TOCHA sendo acesa, sua luz se DESTACANDO no meio do escuro. Ela está numa GONDOLA com duas pessoas: um homem ENCAPUZADO está em PÉ numa extremidade da gôndola, o outro está SENTADO e ENCOLHIDO. Vemos suas silhuetas cortando um BOSQUE de ÁRVORES SECAS.

Muda a imagem para o bosque. Vemos uma silhueta de HOMEM correr seguida por outras TRÊS, que parecem ser MULHERES. Uma delas carrega uma TOCHA. DESAPARECEM. Ouvimos um GRITO de homem. Um GRITO de MUITA DOR e PÂNICO que CORTA o SILÊNCIO.

A imagem volta para a gôndola, e vemos o olhar de TERROR do homem sentado. Ele é ORESTES, um rapaz de aproximadamente 25 anos. É fantasmagoricamente BRANCO. Está NU e demonstra sentir FRIO.

Vemos a gôndola por trás. Uma BOLA DE FOGO é jogada de um lado do rio para o outro. Ouvimos os gritos de UMA MULHER. OUTRAS MULHERES RIEM. Orestes se assusta.

ORESTES
(A si mesmo)Será isso para sempre?

OUVIMOS uma GARGALHADA ASMÁTICA, e Orestes olha assustado para o gondoleiro. Ouvimos um GEMIDO de SÚPLICA, e Orestes toma outro susto, ao ver uma MÃO BRANCA e PODRE agarrar seu pulso. É um CADÁVER VIVO. Ele se apóia com a outra não no barco e começa a se levantar, parecendo mais aterrorizado que Orestes. Mas leva uma PANCADA do gondoleiro com seu REMO e afunda na água. O gondoleiro ESTICA um braço, e o rapaz vê, ainda distante, a silhueta de TRÊS mulheres na margem do rio.

CORTA PARA:

2 EXT. MARGEM DO RIO COCYTOS - NOITE 2

A gôndola se aproxima das três mulheres: São elas ALECTO, MEGAIRA e TISÍFONE. As três vestem MANTOS NEGROS e bordados. Alecto é magra, branca, cabelos pretos e é INEXPRESSIVA Segura uma TOCHA acesa. Megaira tem pele MORENA, é corpulenta e olha com AFRONTA. Tisífone é LOIRA, BONITA, e olha com DESPREZO Veste-se com uma toga que deixa um de seus seios à mostra. Carrega nas mãos um chicote com ganchos de aço numa extremidade. A gôndola PÁRA e Orestes OLHA para CADA UMA delas com MEDO.

MEGAIRA
(Inquieta)Jovem Orestes parece não ter apreciado a viajem pelo Rio Cocytos.
(CONT.)

ALECTO
Levante-se para que possamos vê-lo.

Orestes se LEVANTA cobrindo seu SEXO. TREME de MEDO. Elas o MEDEM com os OLHOS. Tisífone dirige o olhar para o gondoleiro.

TISÍFONE
Vá, Thanatos. Este jovem é agora nossa responsabilidade. Que Lorde Hades ilumine vosso caminho em vossas gloriosas missões.

Thanatos, o gondoleiro, faz uma REVERÊNCIA às Erínias e DESAPARECE junto com o barco.

MEGAIRA
Ordeno que não se cubra. Ordeno que nos mostre seu corpo. Ele agora nos pertence.

Orestes abre os braços e elas olham pare ele com malícia, prestando atenção em detalhes do corpo dele. Ele age como se estivesse HUMILHADO, olhando somente para o CHÃO.

ALECTO
Nós somos as Erínias. Filhas do pai Urano, nascidas pelas gotas do sangue de sua castração que escorreram por Gaia sob os olhos de Ni.

Megaira se aproxima para acariciar o corpo do rapaz. Ouvimos um GRITO de TORTURA vindo de algum lugar próximo. O rapaz começa a tremer. Elas o CERCAM lentamente.

ALECTO(CONT.)
Somos a justiça sobre os que partiram. Somos as Erínias. Eu sou Alecto.

TISÍFONE
Eu sou Tisífone. Estou aqui para que se lembre que a dor que se causa se paga com ainda mais dor.

Elas o CERCAM lentamente. Megaira arranha as costas de Orestes, que demonstra ainda mais MEDO.

MEGAIRA
Tu vais gostar de mim, Orestes. Me chamo Megaira.

ALECTO
Tu bem sabes porque estás aqui, não sabes, Orestes?

ORESTES
(Murmurando)Eu...

Tisífone dá um TAPA VIOLENTO no rosto de Orestes

TISÍFONE
(Gritando)Cale-se, maldito!

Megaira fica atrás do rapaz e aproxima seu rosto de deu pescoço. Orestes só olha para o chão.

MEGAIRA
(Sussurrando)Que crimes este carneiro assado seria capaz de cometer, Alecto?

ALECTO
Dai-nos um palpite, Tisífone.

Tisífone FAZ UM GESTO com os braços e do ar SURGE caindo nos seus braços o corpo de uma mulher vestida com manto sujo de sangue e um PUNHAL FINCADO NO PEITO.

ALECTO
(Gritando)Matou a própria mãe, este maldito!

Tisífone gira seu chicote e acerta no rosto de no rosto de Orestes. Rasga o rosto do rapaz, que a olha transtornado e começa a correr. Tisífone solta mais corda para o chicote, gira-o e o lança em uma grande distância, grudando e rasgando a pele das costas do rapaz, que detém-se por um instante e volta a correr. As três riem.

4 comentários:

Alex Pedro disse...

No ano passado eu fui no teatro, no primeiro semestre, e a peça era uma bosta, lixo mesmo. Era uma história de fantasia que chupava vários filmes, e aliás, muito mal chupadamente, hahahahahaha. Eu voltei pra casa tendo certeza de que, no mínimo, melhor do que aquilo, eu podia fazer. E comecei a pensar nesta estória. Apesar de abrir com o Orestes, a história é sobre um filosofo que se suicida e vai para o Tártaro, mas as Erínias não o punem. E aí se inicia um mistério. Por ser filósifo, e inteligente, e mais do que inteligente, sábio, não há sofrimento que elas poderiam causar com xingamentos ou ferimentos que poderiam fazê-lo sentir-se culpado. Mas será que elas não estariam planejando para ele um castigo maior? Visto que ele é um filosofo grego cujo trabalho poderia servir de inspiração mesmo milhares de anos depois de sua morte... Nessa minha lendinha, eu dou um destaque e carinho especial para Hades, Nemesis, Persephone, e as Moiras, que tem algumas das cenas mais legais que já criei.
Mas eu comecei a pensar tanto que achei que o teatro seria uma forma de limitar a linguagem e as possibilidades do texto, mas funcionaria mesmo assim.

Tom disse...

Ao invés de uma peça isso poderia ser um filme... ai vc não estaria tão limitado.
Eu gostei do texto, muito bem escrito. Só achei meio sombrio. (isso ñ é um problema, ok?)
Se eu tiver pesadelos vc vai ver! hahaha
Então.. eu adoro essa coisa de aprimoração. Vc vê uma peça, um filme ou lê um livro e tem uma idéia de escrever aquela história de uma maneira diferente. Da sua maneira. Adoro isso. E não é plagio, pq vc esta escrevendo de forma diferente, dando novos caminhos, novos detalhes...


Parabéns pelo texto.. espero ver o filme em breve! E espero ser convidado para a pre estreia em hollywood.

Tom disse...

ahh foto super bem escolhida tb!!!
Tem tudo a ver com o texto.

Anônimo disse...

: ) Boa escrita, estruturada e concisa! Continua o bom trabalho e também, a criar textos originais ;) Ass: Dinarte Abreu

Postar um comentário

About me

About Me


Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auctor, nisi elit consequat ipsum, nec sagittis sem nibh id elit. Duis sed odio sit amet nibh vulputate.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Navigation-Menus (Do Not Edit Here!)

My Instagram