Lenda Urbana: O Fantasma da Cantareira

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

| | |
        Foi no começo da década de 70, quando um homem, cujo nome não me recordo, levou sua noiva para uma trilha na serra da Cantareira e ali a retalhou selvagemente. Após mutilar sua noiva por razões desconhecidas, suicidou-se. Dias depois uma senhora, em suas caminhadas matinais pelas trilhas do parque, teria sido surpreendida com partes de membros humanos pelo mato e chamado a polícia, que prontamente surgiu para investigar o caso.

        Este seria um crime convencional não fosse o rumor de que durante as investigações teriam descoberto que o homem, no momento do assassínio teria mutilado a si mesmo! Sim! Retalhou a mulher e distribuiu seus pedaços pela mata, e teria, inexplicavelmente, feito a mesma coisa consigo próprio. Isto é o que teria acontecido, segundo contam.

        Sim. Teria. Dizem. Contam. Essas coisas... Segundo os rumores acerca desta história pitoresca, o homem teria, como fez com a noiva, retalhado seu próprio corpo com uma peixeira afiada encontrada no local. Cortara partes de seu corpo de maneira grosseira, e espalhado pela floresta.

        Ora, qual o sentido em um ser humano sair cortando vigorosamente partes de seu próprio corpo e largar pela mata em locais distantes entre si? No entanto, esta versão, embora seja pitoresca e questionável, é a versão oficial, encontrada na delegacia da região, nos arquivos de um caso sem solução.

        Mas vem mais coisa por aí: a policia teria encontrado primeiramente as partes do corpo da mulher. Recolheram tudo em um saco, e levaram. Mas houve um incidente...

        Quando os policiais e bombeiros reuniram as partes do corpo do homem, e a colocaram em um saco preto, ele se levantou, como uma visão demoníaca, um monstro ensacado, fedendo a carne podre e pingando vermes. Segurando a peixeira do fatídico crime, ele cortou cabeças e membros de todos que estavam ali presentes e desapareceu.

        Apesar dos rumores, lendas e versões, uma coisa é certa: ninguém nunca mais o viu. Mas há que se pensar: diz-se que ninguém nunca mais o viu, porque decerto,  aqueles que o viram é que nunca mais foram vistos.

O Fantasma da Cantareira é uma lenda urbana criada por mim em 2008, para um video caseiro de humor. A história era essa, mas contada com modos menos cuidadosos. Se tiver curiosidade em assistir ao vídeo, leve em conta a descontração e seja feliz :)  http://alex-pedro.blogspot.com.br/2010/04/o-fantasma-da-cantareira.html

GOSTOU? DEIXE UM COMENTÁRIO!

0 comentários:

Postar um comentário