A Fábula do Marimbondo

terça-feira, 22 de julho de 2014

| | |

Sempre tive medo de marimbondo.
Desde pequeno.
Uma vez em que brincava com meu primo lavando o quintal.
Ouvi aquele zumbido alto,
um som que não parecia vir de asas,
Mas feito, quem sabe, por uma boca.
A coisinha veio, atrevida, 
Voando perto do meu rosto.
Por reflexo,
e um tanto de ingenuidade eu dei um tapa.
O tempo parou.
Desviado de sua rota,
a criatura fora empurrada pouco mais de um metro.
O marimbondo, arisco, sentiu-se profundamente ofendido.
Sei lá eu por que cargas d’água procuram água,
Não fiz por mal.
Ele veio, eu o ofendi, e apesar de pequeno
(quem sabe até por esta razão)
Ele pareceu ficar transtornado.
Veio diretamente em meu rosto,
E desta vez não por um passeio distraído.
Por ira!
Ai de mim.
Meu coração acelerou.
Eu devia ter por volta de onze anos,
e percebi algo notável:
O marimbondo, tomado por raiva, parecia três, quatro vezes maior
Novamente, e desta vez não por reflexo, mas por medo,
Dei outro tapa.
A criatura voltou furiosa em outra investida,
levou outro tapa,
E então me despistou.
Passou por entre as minhas pernas e posou em minha cabeça.
Sua raiva fora então descarregada em uma ferroada rápida e certeira.
Dedicado a penetrar seu pequeno e poderoso ferrão em minha pele,
Distraiu-se, pobrezinho.
Eu dei outro tapa.
Desta vez ele estava fraco.
Derrubei-o. Caiu no chão. Eu pisei.

Não uma pisada violenta e brutal,
Mas a pisada frágil típica de uma criança assustada.
E ele,
com seu traseiro imenso esmagado, 
agonizava.
Encarei a pequena criatura.
Teria sido o tapa o motivo de sua ira?
Teria o marimbondo,
Quem sabe?,
já saído de sua colmeia
a procura de um confronto que pudesse lhe dar fim à vida?
Teria esta batalha sido o grande momento de sua breve existência?
As asinhas batiam assustadas quando,
Por compaixão,
O esmaguei.
O marimbondo morreu,
E eu acredito,
Sabendo que havia deixado na minha pele um ferrão,

E na minha história este breve incidente.

1 comentários:

Postar um comentário

About me

About Me


Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auctor, nisi elit consequat ipsum, nec sagittis sem nibh id elit. Duis sed odio sit amet nibh vulputate.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *

Navigation-Menus (Do Not Edit Here!)

My Instagram